Fotógrafo se recusa a fotografar união de casal lésbico nos EUA

07/08/2018 - 08h00min - Por Ohana Simas
COMPARTILHE
FACEBOOK Twitter



Paula Fries e Katie Brown formam um casal lésbico que vive em Charlottesville, no estado da Virgínia, nos Estados Unidos. Elas resolveram se casar e pesquisaram diversas empresas para estar realização a cobertura do evento. Porém, foram vítimas de discriminação no mês passado.

Quando encontraram a empresa que seria responsável por fazer as fotos da cerimônia, Paula recebeu uma mensagem do fotógrafo cancelando o evento, pois iria contra suas crenças religiosas. Elas afirmam que já estava quase tudo fechado, no valor de 625 dólares.


 

Conversamos aqui e achamos melhor vocês procurarem alguém que combine mais com o seu casamento. Queremos nos manter firmes as nossas crenças”, dizia o e-mail printado por Paula e publicado em suas redes sociais.

As noivas confessam que ficaram chateadas com a situação. Afinal, já haviam deixado claro para os outros fotógrafos pesquisados que tinham decidido e fechado com a empresa. Elas também afirmaram que estarão em busca de um novo profissional, sem preconceitos.

Agora é pesquisar novamente  se certificando de não ser um profissional conservador. Fora isso, é uma sensação péssima e mostra o quanto ainda existe de preconceito mesmo a gente podendo se casar legalmente. Ainda há um longo caminho até a plena igualdade entre casais homossexuais e heterossexuais”, afirmou Katie.


 

Outras Notícias
© 2016 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ydeal Tecnologia