Fotógrafo registra o olhar assassino de prisioneiros na Ucrânia

15/06/2018 - 09h06min - Por Ohana Simas
COMPARTILHE
FACEBOOK Twitter

David Tesinsky, fotógrafo de Praga, resolveu ir até a prisão de Kharkiv no leste da Ucrânia e registrar o seu novo projeto. Com a ajuda do jornalista Oleksiy Naumenko, teve acesso aos prisioneiros e pode dar vida a esta série incrível.

A série consta em retratar o olhar de homens e mulheres que passarão o resto de suas vidas dentro da prisão. E o que choca é que a prisão que tem os piores casos de toda a Ucrânia é também a prisão que está acima de qualquer padrão, ou seja, o lugar oferece privilégios como chuveiros agradáveis e limpos, televisão e até um quarto para alugar e passar noites com seu conjugue. Confira as fotos e alguns casos:

# 1. Ruslan Khudoliy (2004) - série de roubo, furtos e assassinatos brutais intencionais.

Número de vítimas: 29
Número de condenações: 1





# 2. Natalia Belezneva (2006) - assassinatos intencionais.

Número de vítimas: 2
Número de condenações: 1





# 3. Vitaliy Lukashuk (2003) - assassinato brutal intencional (aclamado, assumiu a culpa de seu irmão)

Número de vítimas: 1
Número de condenações: 3




# 4. Dmytro Suchkov (2002) - série de assalto, assassinatos brutais intencionais (incluindo policiais), fabricação e armazenamento de armas e ser membro do grupo

Número de vítimas: 2
Número de condenações: 2

 


# 5. Todos os prisioneiros devem mostrar suas mãos enquanto um oficial ou qualquer trabalhador de uma prisão entrar em uma sala de trabalho




Para mais informações acesse o site de David. 

Outras Notícias
© 2016 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ydeal Tecnologia