GoPro abandona o mercado de drones e coloca empresa à venda

10/01/2018 - 10h00min - Por Arthur Manson
COMPARTILHE
FACEBOOK Twitter

GoPro à venda

 

Nesta segunda-feira (8), a CNBC informou que o GoPro, ou mesmo parte dela, está sendo colocada à venda. A empresa contratou a JP Morgan Chase, instituição líder mundial em serviços financeiros, para ajudar a buscar um comprador ou parceiro em potencial. A JP Morgan ajudou a subscrever a oferta pública inicial da GoPro em 2014.

 

“Se há oportunidades para nos unir com uma empresa maior para tornar a GoPro ainda maior, é algo que gostaríamos”, disse Woodman.

 

Também foi anunciado que o mercado de drones está sendo abandonado e 20% de sua força de trabalho está sendo cortada, confirmando demissões importantes na divisão aérea da empresa. As ações da empresa caíram depois de perder estimativas de receita e agora ela foi colocada à venda. Além disso, para tentar resolver a sua crise financeira, a GoPro anunciou a redução de sua força de trabalho global de 1.254 funcionários para menos de 1.000, um corte de mais de 250 posições. O CEO Nicholas Woodman também reduziu seu salário ao valor simbólico de US$ 1.

 

Fim da linha de drones

 

 

 

Embora tenha sido o 2º dispositivo mais vendido na sua categoria, o drone Karma apresentou uma série de problemas de funcionamento e está sendo retirado da linha de produção, deixando a japonesa DJI com um concorrente a menos no mercado que domina.

Esses fatores em meio a um mercado aéreo extremamente competitivo tornaram a produção do drone insustentável e a GoPro vai sair do segmento depois de vender seu inventário de Karma remanescente. Porém, a empresa afirmou que continuará a oferecer serviços e suporte aos usuários do dispositivo.

Via: iPhoto Channel

Outras Notícias
© 2016 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ydeal Tecnologia