Concurso de Fotografia Seleciona Imagens Para Documentário

23/05/2017 - 21h54min - Por Arthur Manson
COMPARTILHE
FACEBOOK Twitter

Concurso recebe fotos e vídeos sobre o tema “Tempestades e o setor elétrico” onde o vencedor

terá seu vídeo no documentário “Ameaças do céu” exibido pela Globo News

Foto: Marcos Martinez Sanchez

O concurso lançado na segunda-feira, (10), pela agência de comunicação e tecnologia

Grupo Storm, seleciona vídeos ou fotograrias sequenciais sobre o tema: “Tempestades e o setor

elétrico”. Os melhores vídeos ou sequências serão exibidos no novo documentário “Ameaças

do Céu” que está em processo de produção e será exibido na Globo News.

 

O concurso terá duração de dois meses, terminando no dia 10 de Junho. O nome do

vencedor será divulgado na quinta feira, 15 de junho. Para participar, os candidatos deverão

acessar o site  www.ameacasdoceu.com.br, preencher o formulário de inscrição e declaração

de autoria, e enviar os vídeos.

 

O documentário “Ameaças do Céu” irá explorar o mundo dos eventos climáticos e da

realidade do setor elétrico, pela perspectiva de especialistas e profissionais do setor. O filme

apresentará um retrato dos danos causados pelas tempestades ao setor elétrico e os possíveis

cenários que nos esperam no futuro.

 

O documentário será de média metragem e contará com amplo embasamento

científico, abordando o assunto com uma linguagem acessível a partir de imagens

impressionantes de tempestades severas, depoimentos surpreendentes de cientistas,

executivos do setor e representantes governamentais. O lançamento está previsto para

outubro de 2017.

 

Pelo ineditismo do assunto no meio audiovisual, e por sua importância, Ameaças do

Céu tem como objetivo causar em toda a sociedade uma reflexão sobre os impactos que

deslizamentos, inundações, vendavais e raios provocam no setor elétrico e como isso afeta a

sociedade e as concessionárias de energia. Anualmente, as tempestades severas causam

prejuízos às redes elétricas que ultrapassam 100 milhões de reais, e que deverão ultrapassar

200 milhões por ano, em 2030.

 

“Ameaças do Céu” também apresentará uma preocupação com o cenário futuro, que

deverá contar com um aumento de eventos climáticos severos, de acordo com dados do

Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

 

Mais Informações:

www.ameacasdoceu.com.br

Outras Notícias
© 2016 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ydeal Tecnologia