Harvard liberou um curso de fotografia completo e gratuito para fazer online

18/01/2017 - 08h00min - Por
COMPARTILHE
FACEBOOK Twitter

Vivemos em um mundo repleto de experiências sensoriais bastante potentes. Temos música, comida, perfumes, sexo... mas a predominância dos estímulos visuais como forma de contato é gritantemente maior. Usamos muito mais nossos olhos do que qualquer outro sentido.

A internet, à medida que foi se desenvolvendo também evoluiu para ser mais agradável aos olhos e praticamente tudo o que fazemos online é consumir fotografias, vídeos, textos... enfim, materiais que dependem da visão.

Assim, se é pra gente se comunicar legal online, é importante entender mais ou menos como funcionam essas linguagens.

Uma das coisas mais legais da existência da internet é poder adquirir conhecimento por fontes que antes seriam simplesmente inviáveis. Aprender à distância, com professores que você nunca viu antes, ter acesso a bibliotecas com títulos que não chegam tão fácil nas nossas mãos. Isso é fantástico.

Estudar em Harvard entra nessa seara. Como sabemos, é para poucos. Pouquíssimos.

Mas agora, eles liberaram um curso online bem completo de fotografia, com módulos que cobrem o básico sobre ferramentas, composição, luz, etc. No final, há um módulo de encerramento com uma atividade para integrar tudo o que você aprendeu. Se você conseguir cumprir 80% do programa ou mais, você consegue um diploma que pode até pendurar na parede.

Se quiser fazer o curso, é só clicar aqui e se inscrever no site Alison.com, uma plataforma de cursos digitais gratuitos.

Apesar da ideia ser muito boa, há um pequeno contra. O curso é de 2009 e algumas informações sobre softwares já estão meio desatualizadas. Ainda assim, os princípios se aplicam e não deve ser difícil se atualizar com relação aos pequenos problemas.

Apesar de Harvard não ser a primeira universidade a liberar cursos online gratuitos (UCLA, Yale, Princeton, Berklee têm cursos em plataformas como o Coursera), mas a maioria deles são para a área acadêmica ou de tecnologia.

Então, é uma boa nova ter a diversificação desses cursos.

Via: Papo de Homem,  Luciano Andolini

Outras Notícias
© 2016 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ydeal Tecnologia