Faça incríveis fotos macro invertendo a lente da sua câmera

14/09/2016 - 02h26min - Por
COMPARTILHE
FACEBOOK Twitter

Foto: Gabriel Camillo

A macrofotografia é encantadora, descobrimos através dela um mundo escondido, somos capazes de adentrar em um universo que não é visível a olho nu, as entranhas de uma flor viram gigantescas edificações, os detalhes dos insetos nos revelam uma infinidade de cores deslumbrantes, descobrimos texturas e formas, enfim, é mágico!
É costume de todo iniciante apaixonado pela fotografia fazer fotos de todo e qualquer detalhe, seja uma gota d’água ou um inseto no chão, mas as pessoas podem acabar se decepcionando por não conseguirem obter o resultado desejado. Primeiramente vale ressaltar que, a macrofotografia é extremamente precisa e sensível, pense, você está fotografando algo pequeno, qualquer movimento com a câmera fará com que você perca o foco e a foto saia tremida. 
Equipamentos para este tipo de registro são caros, uma lente macro pode facilmente custar R$ 3.000 – R$ 5.000, ou mais, e se você não for trabalhar especificamente com isso, talvez o preço saia do seu orçamento. Caso você tenha vontade de fazer fotos macro por hobby ou algo assim, existe uma solução simples que pode te ajudar.

Foto: Gabriel Camillo - Canon T3i - 1/400s - ISO 800 - 50mm

Você certamente já ouviu alguém falar em “fotografar com a lente invertida”, e se não ouviu, está descobrindo este termo agora... Pois é, trata-se de literalmente inverter a lente para fotografar, acredite, funciona! Para isso você vai precisar de uma câmera DSLR (as lentes precisam ser intercambiáveis), recomendamos também utilizar a lente do kit, pode ser uma 18-55mm, 18-135mm ou até mesmo uma 50mm. 
O ideal é que você já domine o modo M (manual) da sua câmera, pois como estará com a lente desencaixada, ela não irá conseguir calibrar muito bem as configurações de forma automática. 
Desencaixe a lente do corpo da câmera (cuide para não colocar os dedos no interior dos equipamentos (espelhos, lentes...) e segure-a de forma invertida na mesma posição que ela ficaria se estivesse encaixada de modo normal (confira no exemplo abaixo):

Imagem: Batendoumachapa

Basicamente é isso, agora você precisa de prática, é possível controlar o zoom e o foco manual da lente, eles não serão responsáveis por focar a imagem e dar zoom como você está acostumado, neste caso eles irão alterar a “capacidade” do macro . Controles manuais como ISO e tempo (1/250...) estarão disponíveis, utilize-os para fazer os ajustes necessários, levando em consideração que F não poderá ser utilizado, já que a lente não se encontra na câmera.

Foto: Gabriel Camillo - Canon T3i - 1/6000S - ISO 800 - 50mm

No início pode ser difícil, mas logo você ganhará prática e tudo ocorrerá de forma mais ágil. A parte legal de inverter a lente é que isso se torna barato e prático, mas caso tenha interesse, existe a possibilidade de comprar acessórios para encaixar a lente de forma invertida quanto para controlar a abertura. Vale a pena dar uma pesquisada mais a fundo e mergulhar de cabeça neste incrível mundo da macrofotografia.
Confira mais alguns exemplo de fotos feitas utilizando a técnica da lente invertida:

Foto: Gabriel Camillo - Canon T3i - 1/400s - ISO 100 - 50mm

Foto: Gabriel Camillo - Canon T3i - 1/400s - ISO 100 - 50mm

Foto: Gabriel Camillo - Canon T3i - 1/160s - ISO 800 - 50mm

Foto: Gabriel Camillo

Foto: Gabriel Camillo - Canon T3i - 1/250s - ISO 3200 - 50mm

(Atenção, não nos responsabilizamos por danos causados em equipamentos, toda e qualquer experimentação é de responsabilidade do leitor, os teste foram feitos por mim com sucesso sem qualquer avaria nas câmeras e lentes. Todavia, tome os devidos cuidados e aproveite a experiência incrível!):

Outras Notícias
© 2016 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ydeal Tecnologia