Relacionamento - Base de um registro Com fidelidade

14/09/2016 - 02h15min - Por
COMPARTILHE
FACEBOOK Twitter

“Casamento é coisa muito séria. Não só pelo que significa, mas por quem foi estabelecido. Enquanto sacrificamos nossas famílias, nosso conforto, nossos "direitos", damos vida para quem confia no nosso trabalho, quem de fato crê que podemos transformar uma simples fotografia, em momentos que serão revividos por muitas gerações. Não faça menos do que seu cliente merece, e o mínimo que eles merecem é o nosso máximo.” – Wendell Fernandes.

Cada instante vivido é único, não possuímos a capacidade de voltar no tempo para reviver ou refazer algo que já foi feito. Todos os instantes são importantes, mas na correria diária alguns deles não se fazem notar, a agenda lotada de um dia intenso de trabalho, a mesmice da rotina... Felizmente a vida nos reserva momentos especiais que gostaríamos de poder vivenciar incontáveis vezes, momentos repletos de sentimento, momentos mágicos na vida de uma pessoa, ou melhor, de duas, como no caso dos casamentos.

Casar envolve muitos fatores, tanto físicos quanto emocionais, desde a data, lista de convidados, local, decoração, contratação de profissionais etc. Cada detalhe tem sua importância, pois tudo precisa estar perfeito, afinal, é um dia único, não será possível reproduzir novamente aquele mesmo casamento daquela mesma maneira, então todo cuidado é essencial. 

Eu, Gabriel Camillo, como fotógrafo, já escutei por diversas vezes pessoas argumentando sobre o valor das fotos de modo geral, porém ninguém para pra pensar que a decoração e a alimentação de um evento são perecíveis, ou seja, duram somente aquele dia, não que isso seja um problema, uma decoração linda e um Buffet bem servidos são extremamente essenciais, mas o que irá ficar pra sempre é a fotografia, é através dela que todos os instantes estarão eternizados. 

Colocar o casamento nas mãos de um fotógrafo de confiança e que possua real envolvimento com aquele determinado momento é essencial, fotografia é sentimento, ele será transpassado para as imagens na mesma intensidade que o fotógrafo se conectar com as pessoas ali envolvidas, e essa é uma das principais características de Wendell Fernandes, para ele um bom relacionamento é a base de tudo.
Wendell Fernandes é brasileiro e tem 32 anos, foi morar nos Estados Unidos há 17 e hoje pode ser considerado um dos mais renomados fotógrafos no estado de Massachusetts. Formado em Comunicação Visual e Marketing, se destaca no mercado de trabalho dentro e fora do mundo fotográfico, gosta de registrar o que realmente acontece, sem muitas modificações, isso inclui até os eventos mais simples. 

Fotografou o casamento de um amigo e gostou do resultado, daí em diante tudo começou a mudar. “Sempre dou 100% de mim para completar o que foi projetado. Sou fascinado pela minha família, pela vasta realidade de ser pai. Sou artista, sonhador, criativo, fascinado por pessoas, relacionamentos, causas e todas as necessidades de outros que não sejam a minha”.

Wendell compartilhou comigo duas histórias que considera importantes e marcantes em sua carreira, mas antes de prosseguirmos, confira algumas imagens belíssimas do fotógrafo para que tudo se contextualize de forma mais pura e sentimental possível:


A primeira história que o fotógrafo conta envolve Rich e Theresa, um casal que estava no exército (Afeganistão), ambos há 8 anos separados dos pais. Eles queriam se casar e entraram em contato com Wendell por Skype, que apresentou todo seu trabalho, seus álbuns, criando logo de início um relacionamento super legal. Para o evento, o casal pegou um avião, tudo era muito intenso, muitas lágrimas, pois retornariam na mesma semana, de modo que as famílias não saberiam quando iriam se reunir novamente.

Por acreditar que tudo se baseia no relacionamento, Wendell se envolve inclusive com os pais dos noivos, e nesta ocasião pediu licença aos demais convidados que estavam em um quarto, pois queria ficar a sós com o pai da noiva, ele olhou para este pai e disse: “este é um dia intenso, com muitas emoções, é um dia forte, e por mais que seja difícil para você talvez esse seja o ultimo dia que você dará um beijo em sua filha, pois ela irá retornar para a Guerra”, foi então que o pai olhou chorando para o fotógrafo, que retomou falando “eu me sinto responsável por registrar esses momentos entre você e sua família porque é um dia especial, vocês precisam de imagens fortes que deixarão vocês confortáveis, sem deixar a realidade e a fidelidade de lado”. 

“Foi então que esse pai me abraçou enquanto eu chorava com ele obviamente, é um momento muito intenso”, conta Wendell. “Chamei a noiva, sua filha, coloquei ele na frente de uma janela, tudo isso enquanto meus olhos lacrimejavam, fiquei esperando o momento certo, estávamos somente nós três, então ela vai também para frente de uma janela, os dois estão conversando quando de repente o pai resolve dar um beijo na testa da filha, e foi logo antes deste momento que fiz a minha foto”.

“Essa foi para mim uma das fotos mais emocionantes e mais bonitas que já fiz na minha carreira até hoje, foi diante deste contexto...”. Meu relacionamento com o pai do noivo se deu da mesma forma, porém havia muita gente no quarto, então fomos para fora, fechei a porta e falei a mesma coisa, nos abraçamos chorando e disse: gostaria que você se ajoelhasse na frente de seu filho e lhe dissesse algumas coisas bonitas, é importante para mim e para vocês estes momentos”. 

O fotógrafo me conta que a mãe da noiva lhe fez somente um pedido: apresentou uma foto de sua bisavó e avó aonde o vestido do casamento refletia no espelho, depois então ela me mostrou outra imagem aonde ela com sua mãe utilizava o mesmo vestido. A mãe então contou que fazia questão que a fotografia se repetisse no mesmo espelho, com o mesmo vestido e na mesma posição. Wendell comenta que não é uma foto forte nem tecnicamente difícil, mas é importante para aquela família. 


Para finalizar a primeira história, no momento da cerimônia o fotógrafo notou que os pais da noiva se olhavam, e no momento exato do click o pai piscou um dos olhos como quem diz ‘missão cumprida, nossa filha está lá, linda casando... ’, 

“e como se não bastasse, outro momento muito forte foi quando eu abri as fotos no computador e me deparei com uma foto da noiva onde a lágrima dela estava no ar, fotografada no momento exato”.

“.Foi sem dúvida um dos casamentos mais emotivos que já enfrentei”.
Outra história emocionante que o fotógrafo conta envolve a noiva e sua mãe. Wendell faz uma apresentação do seu material para os clientes antes da contratação, e em uma dessas ocasiões a noiva comentou que gostou de tudo que havia sido apresentado e que estava confiante no trabalho, porém queria fazer o pedido de uma foto que não podia faltar: “preciso que você faça a foto do momento em que vou entrar na igreja carregando as cinzas de meu pai”. Quando ela disse isso, as duas começaram a berrar de tanto chorar. O fotógrafo disse que nunca havia presenciado isso em sua vida, e diante do que havia acontecido eu orei e chorei com elas, no final disso ela postou no Facebook ‘finalmente encontrei o meu fotógrafo’.

Essa moça havia passado por dificuldades extremas em sua vida, desde bullying a coisas muito piores, felizmente conseguiu passar por tudo isso, cresceu e se tornou uma pessoa simples, conheceu seu noivo, que é um grande amigo. Wendell conta que o casamento era para 40 pessoas e a recepção foi feita em um local muito pequeno nos Estados Unidos entre 9 e 10 horas da manhã, então após a cerimônia se dirigiram a um salão para a refeição, e nesse salão haviam várias mesas, e o que tinha para comer não era nada com muito glamour, havia melão, melancia, pães, manteiga, o que lá é chamado de brunch (refeição entre café da manhã e almoço). 

“Enquanto todos estavam se divertindo e se alimentando, a mãe da noiva veio em minha direção, tirou a câmera da minha mão, começou a chorar e disse: você é como meu filho, gostaria que guardasse sua câmera, sentasse e se alimentasse conosco”. No final do casamento ela ainda disse “prometa que você nunca vai nos deixar, prometa que sempre fará parte da nossa casa, da nossa família”. 
Imagine então a responsabilidade de um fotógrafo num momento como este, em que a família havia perdido o pai logo antes, por isso todos choravam muito e pediram para que o fotógrafo não os abandonasse. 

Sobre as duas histórias, Wendell comenta os pontos mais fundamentais, eles envolvem a responsabilidade que nós fotógrafos temos de nos relacionar ao ponto de fazer as pessoas confiarem de tal forma em nós que elas se abram e se sintam confortáveis quando registramos os momentos. 

“É um relacionamento intenso, um relacionamento que impacta, que demanda também muito sacrifício de nossa parte como profissionais, pois se nós temos problemas com nossos irmãos, pais e amigos, não temos o direito de destruir a vida de outras pessoas, porque elas estão de fato confiando aquele momento em nossas mãos, e a gente ou pode registrar com fidelidade, ou a gente pode ser muito medíocre, não levar a sério, o que acontece muito no mercado atual, todos querem mais horas, mais casamentos, mais dinheiro, e aí acaba faltando comprometimento e ética em muitas áreas”.

Existe também a responsabilidade da nossa profissão, “somos humanos, precisamos passar confiança para os nossos clientes e realizar um trabalho lindo”, diz Wendell. 

Ficou clara a importância destes ‘momentos únicos’ na vida das pessoas, quando elas contratam um fotógrafo é porque confiam no trabalho deste profissional que estará carregando a responsabilidade de eternizar aquela ocasião, então se jogue de cabeça, se envolva com as pessoas e com o que está acontecendo, não assuma responsabilidades que você não tem certeza que é capaz de cumprir. 
Ninguém nasce pronto, treine, treine, treine, acompanhe fotógrafos, seja assistente, de forma que você possa ser ensinado, é preciso estar aberto a novas experiências, e a fotografia com certeza é responsável por causar sentimentos inimagináveis, este poder está em nossas mãos, basta saber utilizá-los!

Você pode conhecer mais sobre Wendell Fernandes visitando o seu website neste link ou em suas contas do Instagram, Facebook e Youtube. Semanalmente ele traz dicas sobre marketing e muito mais através do #BatePapoComDell. Sigam ele e fiquem ligados!

Todas os relatos e imagens, assim como a autorização de uso das mesmas foram cedidos por Wendell Fernandes.
Matéria Exclusiva Amor Pela Fotografia / Gabriel Camillo.

Outras Notícias
© 2016 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ydeal Tecnologia