Fotógrafa explora a sensualidade dos beijos em closes quentes

13/12/2016 - 14h00min - Por
COMPARTILHE
FACEBOOK Twitter

Ainda que objetivamente mostre duas bocas se beijando em uma proximidade desconcertante, o que a fotógrafa canadense Nastia Cloutier-Ignatiev pretende retratar em seu ensaio “Love” é o que há de invisível ao redor de um beijo.
 


Para ela, pessoas apaixonadas costumam se envolver em um bolha que os sequestram do resto do mundo, e os encerram em um mundo somente deles. Essa bolha, que não pode ser vista mas pode ser sentida, é que Nastia quis fotografar. 



O hiper close-up com que Nastia fotografa seus beijos propositalmente pretende registrar aspectos físicos e sensoriais de um beijo que, de longe, se perderiam. A ideia é que o resultado desloque justamente o que há de banal na imagem de um beijo para perto, para aquilo que possui de íntimo e, assim, excitante e revelador.



A série “Love” faz parte de uma trilogia de ensaios fotográficos intitulada “The Close-ups”, para a revista C-Heads. Segundo a fotográfa, seu desejo era de que o ensaio registrasse também uma maior diversidade de casais – de raças, cores, orientações sexuais e origens diferentes – mas o pouco tempo e recurso a impediu.

Fotos: Nastia Cloutier-Ignatiev

Via: Hypeness

Outras Notícias
© 2016 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ydeal Tecnologia