Imagens de cães abandonados ilustram o alcance da crise na Venezuela

29/11/2016 - 14h00min - Por
COMPARTILHE
FACEBOOK Twitter

A situação econômica da Venezuela ( que tem cada vez mais dificuldade de manter bons níveis de alimentação — o que se agravou em 2016 –,  enfrenta a impopularidade do governo de Nicolas Maduro e sofre saques frequentes, além de violência), afetou também a vida dos animais de estimação, fazendo com que cresça o número de cães abandonados.

Em razão disso, para muitos proprietários tem sido cada vez mais difícil cuidar de si mesmos, e ainda mais de seus cães. O custo das rações é elevadíssimo para muitos dos venezuelanos. O pacote de 20 kg do alimento pode chegar a 50 dólares (aproximadamente R$ 160), praticamente o dobro do salário mínimo vigente (23 dólares)

Para evitar o abandono desses animais e que eles fiquem vagando pelas ruas, abrigos têm sido criados fora de Caracas, como o idealizado por Maria Arteaga, 53, em Los Teques, com a ajuda de voluntários.

A situação nunca esteve tão grave, já que até 2013 os animais contavam com um programa de proteção chamado Missão Nevado (nome do cachorro do herói da independência Simon Bolivar).

Atraído pela história, o fotógrafo Carlos Garcia Rawlins esteve no local para registrar imagens dos cães. Alguns deles não resistiram por muito tempo. As fotos e as informações foram publicadas na sessão Wider Image, da Reuters. Para quem ama animais, é de chorar!

Crédito:Carlos Garcia Rawlins

Via: Onnda

Outras Notícias
© 2016 Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ydeal Tecnologia